Batidas prometidas em todos os EUA não ocorreram no final de semana

Foto15 Batida ICE Batidas prometidas em todos os EUA não ocorreram no final de semana
Circularam comunicados sobre batidas esporádicas no domingo (14), mas nenhuma delas confirmada pelo ICE ou líderes municipais

Circularam poucos comunicados de atividades fora do normal por parte dos agentes do ICE

A perseguição a nível nacional de imigrantes indocumentados que receberam ordem de deportação, anunciada pela administração Trump que aconteceria no domingo (14), não se materializou, informou Laura Podesta, do noticiário de TV CBS News. Circularam poucos comunicados de atividades fora do normal por parte dos agentes de imigração.

O jornal The New York Times publicou que, ao invés de uma operação massiva, o Departamento de Imigração (ICE) realizará batidas pequenas e ao longo de vários dias. Já a agência de notícias Reuters citou Mary Bauer, diretora geral do Southern Poverty Law Centeer (SPLC), que foram confirmadas batidas em cidades grandes no sul do país, como Atlanta. A Reuters publicou o comentário feito por ela.

“Imigrantes e comunidades imigrantes em todo o país  estão se escondendo e vivendo de forma terrível e pavorosa, pois esse é o objetivo de toda essa ação, não importando a ocorrência de batidas ou não”, disse ela.

O Conselho Americano na Imigração (AIC) divulgou a não ocorrência de batidas em massa. A organização possui advogados que estavam preparados para ajudar as pessoas que seriam levadas ao centro de detenção familiar em Dilley (TX), o maior dos EUA.

A afiliada do canal de TV CBS Houston, a KHOU-TV, informou a inexistência de qualquer sinal de batidas em grande escala em qualquer metrópole dos EUA. Entretanto as comunidades imigrantes em Houston estavam especialmente lentas e tranquilas, no domingo (15). Poucas pessoas circulavam nas ruas.

“Nós suspeitamos que as pessoas optaram ficar em casa com medo de que se saíssem poderiam ser alvo numa batida do ICE ou coisa parecida”, disse César Espinoza, diretor executivo da FIEL, uma ONG de ajuda aos imigrantes em Houston. Ele detalhou que muitas famílias preferiram ficar em casa e sequer abririam as portas para os voluntários dele. “Há muita tensão, muito medo. As pessoas estão no estilo medo”.

Poucos vendedores ambulantes de comida foram visto em Chicago (Ill.), frisou o canal de TV CBS Chicago. Circularam comunicados sobre batidas esporádicas no domingo (14), mas nenhuma delas confirmada pelo ICE ou líderes municipais. O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse que não ocorreram batidas na região quando falou à mídia na tarde de domingo (14).

Muitos democratas criticaram a forma com que a administração Trump lidou com a situação.

Cerca de 2 mil pessoas seriam o alvo das batidas. A Casa Branca informou que elas receberam ordens finais de deportação assinadas por juízes de imigração. As operações do Departamento de Imigração (ICE) aconteceriam em pelo menos 9 metrópoles. Autoridades criticaram as batidas, limitaram o acesso aos arquivos da polícia local pelos agentes do ICE e tomaram outras medidas para proteger os imigrantes dos agentes. Ativistas se dedicaram a ensinar os imigrantes sobre os direitos deles, caso os agentes de imigração batam na porta deles.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend