Brasileiro comete suicídio em New Hampshire

Foto16 Jorge Cruz17058 Brasileiro comete suicídio em New Hampshire
A polícia foi acionada e arrombou a porta do apartamento de Jorge Cruz, encontrando-o morto por asfixia, resultante de enforcamento

O corpo de Jorge Cruz foi encontrado no apartamento em que morava, em Concord (NH)

Semana passada, Jorge Cruz, natural do município de Volta Redonda (RJ), morador em Concord (NH), foi encontrado morto no apartamento em que residia. Ele havia deixado o cachorro de estimação numa loja para tosa, entretanto, não retornou para buscar o animal. Em decorrência disso, a dona do estabelecimento telefonou para uma colega de trabalho do brasileiro. Além disso, ele deixou de comparecer ao trabalho, por isso, uma amiga americana foi até à casa dele e tocou a campainha diversas vezes, sem obter resposta. Preocupada, ela acionou a polícia que arrombou a porta do imóvel e encontrou Jorge morto por asfixia, resultante de enforcamento. As informações são do jornal Brazilian Times.

A morte de cruz abalou a comunidade brasileira em Concord e levantou a questão do perigo causado pela depressão. Ele foi descrito pelos amigos como uma pessoa feliz e bem humorada, entretanto, passava por um processo de divórcio litigioso; o que pode ter agravado o estado depressivo dele, pois nos últimos dias saía pouco de casa e diminuiu o contato com os amigos.

. Família quer traslado do corpo:

Após tomarem conhecimento do falecimento trágico de Jorge, seus parentes expressaram a vontade de que o corpo dele seja trasladado ao Brasil para velório e sepultamento. A presidente do Conselho Latino de New Hampshire, Renata Olzewski, decidiu ajudar no processo se colocando como procuradora. “Nós não podemos nos apresentar como amigos só porque tomamos uma cervejinha ou participamos de uma festa juntos. É nestas horas, que o corpo está em uma geladeira e família desesperada no Brasil, que os amigos de verdade surgem”, disse ela ao BT.

. Depressão: O inimigo silencioso

A depressão é uma doença grave que, se tratada corretamente, tem cura. Cerca de 60% a 80% dos casos podem ser tratados com medicação e psicoterapia em um atendimento primário. Sendo assim, identificar os sintomas da depressão, entre eles a falta de ânimo para viver, sensibilidade e emoções à flor da pele, distúrbios no sono, e entender a seriedade da situação é o primeiro passo para ajudar a pessoa depressiva a reverter essa situação. São várias as causas da doença, e em muitos casos seu aparecimento está associado a fortes impactos vividos, como perdas, lutos, doenças, conflitos nos relacionamentos, dificuldades ou perdas financeiras.

Por se tratar de um problema que se agrava aos poucos, é comum que a doença seja diagnosticada em um quadro já avançado, e, às vezes, não sendo tratada com a devida importância. O maior problema é que em apenas 30% dos casos os pacientes recebem um tratamento adequado, e o agravamento da doença pode levar a pessoa portadora ao suicídio. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), de cada 100 pessoas com depressão, 15 delas decidem colocar fim a própria vida. Nesses casos mais extremos, em que ocorrem tentativas de suicídios ou, até mesmo o suicídio, a pessoa diagnosticada não necessariamente deseja pôr fim a própria vida, mas pedir desesperadamente por socorro.

Ainda não foi informado se será iniciada uma campanha beneficente para angariação de fundos para o traslado ao Brasil do corpo de Jorge Cruz para velório e sepultamento.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend