Brasileiros se mobilizam para ajudar americano com câncer

Foto24 Brandon Gordon Brasileiros se mobilizam para ajudar americano com câncer
Até à tarde de segunda-feira (23), haviam sido arrecadados US$ 28.313 para ajudar Brandon Gordon (Foto: GoFundMe.com)

Brandon Gordon, de 22 anos, morador em Loxahatchee (FL), luta contra um tipo raro de câncer

O jovem americano Brandon Gordon, de 22 anos, morador em Loxahatchee (FL), estudante universitário em Gainesville (FL), luta contra um tipo raro de câncer. Em 29 de maio, o pai do jovem, Todd Gordon, lançou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/brandon-gordon-cancer-fight#, cujo objetivo é angariar US$ 40 mil em doações para as despesas hospitalares. Até à tarde de segunda-feira (23), haviam sido arrecadados US$ 28.313. Ele foi diagnosticado com “NUT midline carcicoma”. A campanha também conta com a ajuda de vários brasileiros.

“Deus te abençoe Brandon! Eu sou brasileiro e estou compartilhando isso com a comunidade brasileira nos EUA para ajuda-lo a melhorar o mais rápido possível. Seja forte irmão!”, postou o internauta Caio Amorim no GoFundMe.com.

“Nosso filho, Brandon, foi diagnosticado com carcinoma NUT de linha média, uma forma extremamente rara e agressiva de câncer. Apenas 20 a 30 casos são relatados a cada ano. Brandon é um estudante universitário de 22 anos, trabalhador e ambicioso, em Gainesville, Flórida. Em meados de abril, Brandon foi internado no hospital com problemas respiratórios, inicialmente diagnosticado com pneumonia e fluido foi drenado de seus pulmões. Células malignas foram encontradas no fluido e a TC foi realizada, o que resultou em uma biópsia de seus pulmões. Demorou 2 semanas e vários laboratórios universitários antes das biópsias chegarem a (universidade de) Harvard, onde o câncer foi devidamente identificado. Durante esse tempo, Brandon foi novamente hospitalizado e um tubo foi colocado para drenar o interminável fluido em seus pulmões causado por esse câncer. Brandon passou por tratamentos de quimioterapia e radioterapia, na tentativa de diminuir os tumores que se formavam em sua coluna e no pulmão. Infelizmente, os tumores causaram fraturas em algumas de suas vértebras e estão pressionando o esôfago, tornando engolir quase impossível. A cirurgia não é uma opção para Brandon e ele continua lutando contra esse câncer no hospital.

Estamos tentando levantar fundos para ajudar o Brandon na batalha por sua vida, que está sendo travada por Brandon e seus médicos. O tempo é essencial, uma vez que esse câncer é extremamente agressivo, e medicamentos/tratamentos alternativos provavelmente serão necessários. Qualquer doação é muito apreciada, assim como compartilhar esta campanha. Estamos orando por um milagre para Brandon e esperamos que você se junte a nós”, postou Todd Gordon no GoFundMe.com.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend