DJ Alok é multado por excesso de velocidade em Nevada

Foto24 DJ Alok DJ Alok é multado por excesso de velocidade em Nevada
O DJ Alok se apresentará nas comemorações do Brazilian Day in New York 2019, no domingo (1), antes do feriado do Dia do Trabalho

Ele levou foi multado após sair do festival “Burning Man” e dirigir a 74 mph numa rodovia cujo o limite é 70 mph

Famoso internacionalmente, o DJ Alok compartilhou nas redes sociais que levou uma multa por excesso de velocidade após sair do festival “Burning Man”, em Nevada. Segundo ele, a polícia o parou porque ele estava a 74 mph numa rodovia cujo limite de velocidade era de 70 mph. Ele se apresentará nas comemorações do Brazilian Day in New York 2019, no domingo (1), antes do feriado do Dia do Trabalho.

Alok Achkar Peres Petrillo, nome de batismo do DJ, foi classificado como o 13º melhor DJ do mundo pela revista DJ Mag. Ele acompanhava seus pais ao lado de seu irmão gêmeo, Bhaskar, em suas apresentações de psy trance pelo país, depois decidiram formar o projeto ao vivo de trance Lógica. Com ela, a dupla lançou um álbum totalmente autoral chegando a fazer shows em cerca de 19 países, além de suas músicas serem destaque na loja virtual Beatport. Em 2010, decidiu seguir carreira solo, mudando de gênero para o house music,  sendo um dos primeiros a adotar o sub-gênero brazilian bass. Em 2016, ele acabou assinando contrato com a gravadora holandesa Spinnin’ Records, lançando logo depois a canção “Hear Me Now”  com Bruno Martini e do cantor e compositor Zeeba, que levou a sua projeção internacional, com a música entrando em paradas de vários países.

Alok acabou se transformando em um dos ícones mais proeminentes da cena eletrônica brasileira, com honrarias e prêmios, tais como; “Melhor DJ do Brasil” pela revista House Mag em 2014 e 2015, e sendo o único brasileiro no top 25 do mundo no ano seguinte pela revista DJ Mag. Em 2017, ele foi eleito pela Forbes Brasil como uma das 91 pessoas com menos de 30 anos mais influentes do país. Ele ainda é idealizador da gravadora UP Club Records e da Artist Factory, empresa de gerenciamento artístico de músicos da cena da música eletrônica.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend