Ex-prefeito de Newark perde na justiça luta por pensão

Foto16 Sharpe James  Ex prefeito de Newark perde na justiça luta por pensão
Sharpe James considerou a decisão da Corte de Apelações “ridícula e um insulto à justiça e honestidade”

Sharpe James atuou como professor no ECC em 2006, no final de seu mandato como prefeito

Uma Corte de Apelações recusou-se a reinstaurar 1 ano de aposentadoria ao ex-prefeito de Newark, Sharpe James, que trabalhou como professor no Essex County College (ECC). O tribunal determinou ser justo que o programa de pensões cortasse o pagamento desse benefício porque ele foi condenado por um crime federal.

James, que foi prefeito da maior cidade de New Jersey durante 20 anos e cumpriu 1 ano e 6 meses de prisão, considerou a decisão da Corte de Apelações “ridícula e um insulto à justiça e honestidade”. A apelação envolveu o período de 1 ano que ele trabalhou como professor no Departamento de Assuntos Urbanos do Essex County College, entre 2006 e 2007. Sharpe recebeu US$ 150 mil ao ano num cargo criado especialmente para ele, segundo o caso.

Antes de se tornar prefeito de Newark, James trabalhou no Essex County College por 18 anos como instrutor de educação física, eventualmente se tornando o chefe do departamento, conforme documentos apresentados no tribunal. Ele retornou à faculdade em 2006, no final de seu mandato como prefeito.

A New Jersey Division of Pensions and Benefits suspendeu o pagamento da pensão do último ano dele no Essex County College, tendo como base a condenação de James por fraude postal e que isso significou traição da confiança pública e trouxe desonra à profissão de professor. Inicialmente, um juiz administrativo determinou que os créditos deveriam ser aplicados, pois o crime “não envolveu ganância ou enriquecimento pessoal, além de não provocar prejuízo financeiro aos residentes em Newark”. Entretanto, a Divisão de Pensões & Benefícios rejeitou tal argumento. Sharpe apelou, argumentando no tribunal que a condenação não estava relacionada ao seu trabalho na faculdade.

Posteriormente, a Divisão de Apelações manteve a decisão da Divisão de Pensões & Benefícios. O painel de 3 juízes determinou se razoável concluir que a conduta de James “enquanto prefeito trouxe desonra à sua posição no Essex County College, onde ele atuou como professor e modelo para os alunos”.

 

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend