ICE prendeu mais de 80 mil indocumentados por DUI em 2018

Foto24 Blitz da Lei Seca ICE prendeu mais de 80 mil indocumentados por DUI em 2018
A segunda categoria envolvendo as detenções foi “drogas perigosas”, seguida de infrações no tráfego

As autoridades informaram que 80.730 pessoas foram acusadas ou condenadas por dirigirem intoxicadas (DUI)

Mais de 250 mil imigrantes indocumentados nos EUA foram deportados durante o ano fiscal de 2018, segundo o Departamento de Imigração (ICE). Aproximadamente, metade das 158 mil pessoas detidas pelas autoridades migratórias, 80.730, foram acusadas ou condenadas por dirigirem intoxicadas (DUI), revelou o relatório emitido pelo órgão.

A segunda categoria envolvendo as detenções foi “drogas perigosas”, seguida de infrações no tráfego. Violação das leis migratórias, como, já ter sido deportado uma vez, resultou na prisão de mais de 63 mil pessoas. Mais de 50 indivíduos foram presos sob a acusação ou condenação por agressão física.

Exatamente, 23.052 pessoas enfrentam processos legais por obstrução do judiciário, Congresso, legislatura e etc. Os antecedentes criminais foram o motivo pelo qual essas pessoas foram reconhecidas pelas autoridades de segurança e procuradas pelo ICE.

Mais da metade do total de 256.085 pessoas deportadas dos EUA são naturais do México, tornando o país líder na quantidade de remoções. Um pouco mais de 141 mil mexicanos foram deportados. O México, parte da América do Norte, foi seguido pelos seguintes países vizinhos na América Central: Guatemala, Honduras e El salvador, respectivamente.

A Guatemala teve cerca de 50 mil cidadãos deportados. Honduras teve 28.894 e El Salvador 15.445. A República Dominicana, Brasil, Equador e Colômbia foram os próximos, com entre 1.100 e 1.800 deportados cada.

China e Índia também estão entre os países com mais cidadãos deportados, embora nem cheguem perto dos países líderes. Ambas as nações tiveram 726 e 611 cidadãos removidos, respectivamente.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend