ICE realiza 1º voo fretado com imigrantes deportados em 2020

Foto22 Deportados ICE ICE realiza 1º voo fretado com imigrantes deportados em 2020
O objetivo do programa IRI é devolver os cidadãos mexicanos ao interior do país (Foto: ICE)
Foto22 Deportados ICE 1 1 ICE realiza 1º voo fretado com imigrantes deportados em 2020
O governo mexicano fornecerá transporte adicional para as cidades no interior do país (Foto: ICE)

O voo, o 1º de repatriamento de 2020 e o 2º do ano fiscal de 2020, partiu do Aeroporto Internacional de Tucson (AZ) transportando 124 mexicanos

Na quinta-feira (16), o Departamento de Imigração & Alfândega (ICE), na jurisdição de Tucson (AZ), realizou o primeiro voo com imigrantes deportados em 2020. A Iniciativa Interna de Repatriação (IRI) é um acordo entre os governos dos Estados Unidos e do México para garantir que esses deportados para o México sejam devolvidos mais perto de suas casas de maneira segura, humana e rápida.

O objetivo do IRI é devolver os cidadãos mexicanos ao interior do país. As autoridades informaram que o ICE continuará esses voos, conforme necessários. A estratégia visa reduzir a reincidência e a violência nas fronteiras, devolvendo os mexicanos às suas cidades de origem, onde há maior probabilidade de eles se reintegrarem em suas comunidades, em vez de serem vítimas de tráfico de seres humanos ou outros crimes nas cidades fronteiriças com os EUA.

O ICE trabalha em estreita colaboração com o Departamento de Alfândega & Proteção de Fronteiras (CBP) para garantir a remoção rápida e segura de indivíduos que cruzaram clandestinamente a fronteira sul. As deportações aceleradas ocorrem quando um estrangeiro é impedido de entrar nos Estados Unidos e deportado, geralmente de um porto de entrada nos EUA. As remoções aceleradas têm as mesmas consequências legais que uma deportação.

O Setor de Operações de Imposição & Remoção (ERO), subordinado ao ICE, fornecerão transporte aéreo para o Aeroporto Internacional de Guadalajara, México. O governo mexicano fornecerá transporte adicional para as cidades no interior do país.

O voo, o 1º de repatriamento de 2020 e o 2º do ano fiscal de 2020, partiu do Aeroporto Internacional de Tucson (AZ), na quinta-feira (16), transportando 124 mexicanos.

O ERO iniciou o programa piloto do IRI em 2012, tornando-o permanente em 18 de abril de 2013. A supervisão do programa fica por conta do ERO, a ICE Air Operations e a Divisão de Operações Internacionais. A coalisão fornece serviços de coordenação de transporte aéreo e remoção para os 24 escritórios do ERO em todo o país. Essa coordenação permite que a agência deporte grandes grupos de estrangeiros de maneira eficiente, rápida e humana.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend