Igreja faz campanha para brasileira vítima fatal de violência doméstica

%name Igreja faz campanha para brasileira vítima fatal de violência doméstica
Nathalia da Paixão recebeu diversos golpes de faca e não resistiu aos ferimentos (Foto: GoFundMe.com)

Nathalia da Paixão teria sido morta a facadas pelo marido, Emerson Jaques Figueiredo, de 42 anos. As investigações ainda estão em andamento

Abalados com a morte prematura e violenta de Nathalia da Paixão, de 35 anos, natural de Governador Valadares (MG), membros da congregação da igreja em que ela frequentava, a El Shekkinah, em Nashua (NH), iniciaram uma campanha no GoFundMe.com. A campanha: Nathalias Funeral, cujo objetivo é angariar US$ 50 mil para as despesas com o funeral, sepultamento/traslado ajudar os 2 filhos deixados por ela, uma menina de 13 anos e um menino de 10 anos. Até à tarde de segunda-feira (29), haviam sidos arrecadados US$ 2.806.

“Domingo, dia 28 de julho, nós perdemos uma amiga, uma mãe, uma esposa, uma filha, uma irmã, uma alma. Nós estamos desacreditados (incrédulos). Nós perdemos a Nathalia para um incidente trágico. Como seus amigos, sua família, seu suporte, estamos nos juntando como comunidade para arrecadar dinheiro para o funeral e enterro da Nathalia e todos os outros custos que vêm após uma morte tão trágica. Nathalia deixou 2 crianças lindas e amáveis que nesse momento mais do que nunca vão precisar de suporte não somente emocional como financeiro. Eles têm apenas 13 anos e 10 anos de idade. Essas duas crianças perderam os dois pais no mesmo dia. A dor que eles estão passando agora é inimaginável. Nos viemos através dessa campanha pedir a todos que encontrarem em seu coração para ajudar com o máximo possível. Eles precisam disso, eles precisam da sua ajuda”, diz a postagem no GoFundMe.com.

. Entenda o caso:

O imigrante Emerson Jaques Figueiredo, de 42 anos, natural de Governador Valadares (MG), é acusado de ter matado a facadas a esposa, Nathalia da Paixão, de 35 anos, natural da mesma cidade, na residência do casal, um condomínio de apartamentos em Concord (NH). O incidente ocorreu na tarde de domingo (28) e abalou a comunidade local. As informações são do canal de TV local CBS e do jornal Concord Monitor.

Através de um comunicado, o Procurador Geral de Justiça Gordon McDonald detalhou que a polícia foi acionada no complexo de prédios, através do serviço de emergências (911), por diversas pessoas. A vítima foi encontrada fora do apartamento.

Figueiredo foi preso e acusado de homicídio em 2º grau. Ele está agendado para comparecer à audiência preliminar na Corte Superior do Condado de Merrimack, na segunda-feira (29). O réu está detido e sem direito à fiança.

Uma das testemunhas alegou que Figueiredo causou deliberadamente a morte da esposa ao esfaqueá-la diversas vezes e outras que ele a matou “em circunstâncias que manifestam uma indiferença extrema pelo valor da vida humana”.

. O crime:

A polícia recebeu várias ligações através do 911 denunciando um tumulto no Edgewood Heights Condo Associates em Branch Turnpike. Do lado de fora do condomínio, os agentes encontraram Nathalia esfaqueada, informaram as autoridades. Ela foi levada imediatamente ao Concord Hospital, onde faleceu logo após de ter dado entrada.

Uma autópsia será realizada pelo Instituto Médico Legal, na segunda-feira (29). Emerson está preso e sem direito à fiança. O casal tem 2 filhos, uma menina de 13 anos e um menino de 10 anos, que estavam no estacionamento do condomínio quando o pai foi preso. As crianças foram levadas para a casa de parentes em Nashua (NH). Vizinhos teriam ouvido o casal discutindo na casa onde moravam. Eles teriam visto Emerson esfaqueando e chutando a vítima.

. Ciumento:

O casal frequentava a igreja El Shekinah, de Nashua, e era tido como bastante religioso pelos conhecidos. Emerson, segundo testemunhas, seria um bom homem, mas muito ciumento e que pode ter “surtado”. A vítima trabalhava na limpeza de casas e vendia suplementos alimentares. Ele permanecerá preso até o julgamento. Em maio o Estado de New Hampshire aboliu a pena de morte, mas, devido à gravidade do crime, o valadarense pode ser condenado até à prisão perpétua.

O acesso à campanha beneficente pode ser feito através do link: https://www.gofundme.com/f/nathalias-funeral?pc=fb_co_shareflow_m&rcid=r01-156441713433-0a3de88be30c4c0c&utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=fb_co_shareflow_m&fbclid=IwAR2yDB6QIfvvQe8DWN2oj5vGjnv1_0DtWZ97YmOB6VvXJFmCnVQXoA9jU04

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend