Trump é recebido ao som de “Lock him up” e “Impeachment” em NYC

Foto25 Donald Trump  Trump é recebido ao som de “Lock him up” e “Impeachment” em NYC
Trump é recebido ao som de “Lock him up” e “Impeachment” em NYC

O Presidente foi o primeiro no cargo a participar da 100ª cerimônia no Dia dos Soldados Veteranos em Manhattan (NY)

Na segunda-feira (11), o Presidente Donald Trump não recebeu boas vindas calorosas quando participou das celebrações do Dia dos Soldados Veteranos em Manhattan (NY). Ele, que recentemente trocou a sua residência em Nova York pela Flórida, ouviu os slogans “lock him up” (prenda-o, em inglês) e “Impeachment”, enquanto faixas eram penduradas nas janelas de edifícios nas proximidades do Madison Square Park.

Discursando atrás de um vidro à prova de balas, Trump tentou calar grupos de protestos que gritavam e assopravam apitos na entrada oeste do parque.

“Os nossos veteranos arriscaram tudo por nós. Agora, é a nossa obrigação servir e protege-los todos os dias das nossas vidas”, disse Trump, enquanto coros de vaias ecoavam distante.

“Prenda-o! Prenda-o! Prenda-o!” Um homem usando um megafone podia ser ouvido gritando da janela de um apartamento na Broadway. Nova-iorquinos contra Trump também cobriram janelas com faixas com os dizeres “IMPEACH”, “CONVICT” e “DUMP TRUMP” (Abandone o Trump, em inglês).

Trump tornou-se o primeiro presidente na história do país a iniciar a famosa para do Dia dos Soldados Veteranos em New York City, que completou 100 anos em 2019.

“É realmente uma honra retornar a New York City, bem aqui no Madison Square Park, e ser o primeiro presidente a comparecer”, disse Trump.

Aproximadamente, 25 mil pessoas, incluindo veteranos, soldados na ativa e outros caminharam o percurso de 1.2 milha ao longo da 5ª Avenida depois dos comentários de Trump. O Presidente não participou da caminhada e foi, ao invés disso, levado de carro ao arranha-céu que tem o nome dele em Manhattan (NY), após o discurso. Os presidentes anteriores tipicamente passam o Dia dos Veteranos no Cemitério Nacional de Arlington, na Virgínia, para a cerimônia de colocação da coroa de flores.

Um número de políticos nova-iorquinos céticos também compareceu ao evento na segunda-feira (11), incluindo o Prefeito Bill de Blasio, que costumava trocar ofensas com Trump através do Twitter. O Presidente que, geralmente chama Blasio de “incompetente” e o “pior prefeito” no país, assumiu um raro tom cordial quando assumiu o palanque.

“Conosco está o Prefeito de New York City Bill de Blasio. Muito obrigado, Sr. Prefeito”, disse Trump, gesticulando a mão direita na direção de Blasio, que estava sentado na audiência.

Entre os indivíduos notáveis que compareceram à cerimônia estava a Primeira Dama Melania Trump, o Senador Federal Chuck Schumer, Eric Trump, Lara Trump, o comissário do NYPD, James O’Neil, e o ex-apresentador do canal Fox News, Bill O’Reilly. Blásio não interagiu com o Presidente durante o evento, disse o porta-voz da Prefeitura, Freddi Goldstein. Entretanto, o Prefeito foi visto apertando a mão de Eric Trump na saída do parque. Ele caminhou em direção à parada e disse estar “feliz que o Presidente não envolveu política”.

“Olhe, esse é o centésimo aniversário dessa parada. Então, eu acho muito apropriado que o Presidente estivesse aqui. Esse não é o dia para partidarismo”, disse Blasio enquanto caminhava na parada ao longo da 5ª Avenida.

Legenda:

Foto: Donald Trump ouviu os slogans “lock him up” (prenda-o, em inglês) e “Impeachment”, enquanto discursava no Madison Square Park, em Manhattan (NY)

Related posts

Comentários

Send this to a friend