Motorista do Uber admite ter matado 6 passageiros

Foto13 Jason Dalton Motorista do Uber admite ter matado 6 passageiros
“Eu queria fazer isso há algum tempo”, disse Jason Dalton ao juiz

Jason Dalton atirou fatalmente em 4 mulheres, 1 homem e 1 adolescente de 17 anos

Na segunda-feira (7), um motorista do Uber admitiu ter matado 6 passageiros durante as viagens, em Michigan. A decisão do réu Jason Dalton ocorreu enquanto um juiz e advogados selecionavam um júri na Corte do Condado de Kalamazoo. Não houve acordo: Ele assumiu a culpa com relação às acusações de homicídio e tentativa de homicídio. O motorista poderá ser condenado à prisão perpétua sem direito à liberdade condicional.

“Eu queria fazer isso há algum tempo”, disse Jason ao juiz.

Ele respondeu “sim” à uma série de perguntas, admitindo ter atirado em 8 pessoas em 3 locais diferentes na região de Kalamazoo em 2016. Quatro mulheres, 1 homem e 1 adolescente de 17 anos foram mortos.

Após a prisão de Dalton, a polícia informou que ele disse que a “imagem do diabo” no aplicativo do Uber o controlava no dia dos homicídios. Ele foi considerado mentalmente competente para ser julgado e semana passada abandonou a alegação de insanidade.

O advogado de defesa Eusébio Solis disse ter aconselhado Jason a não assumir a culpa, mas o cliente queria poupar as famílias das vítimas de mais dor durante o julgamento.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend