Número de bilionários do mundo dobrou na última década

Foto23 Jeff Bezos Número de bilionários do mundo dobrou na última década
Com a fortuna calculada em US$ 116 bilhões, Jeff Bezos é fundador e CEO da Amazon.com

As 2.153 pessoas mais ricas do mundo, a maioria homens, controlam mais dinheiro que todos as 4.6 bilhões mais pobres

Ao longo da última década, a quantidade de bilionários no mundo duplicou e os 2.153 mais ricos controlam mais dinheiro que todos os 4.6 bilhões mais pobres, informou a Oxfam, na segunda-feira (20). Enquanto isso, o trabalho não pago ou abaixo da média feito por mulheres e meninas acrescentou 3 vezes mais à economia mundial a cada ano, totalizando pelo menos US$ 10.8 trilhões, que a indústria tecnológica, acrescentou a ONG, com sede em Nairobi, através do relatório “Time do Care”.

Mulheres em todo o mundo trabalham todos os anos 12.5 bilhões de horas diárias sem receber salário ou reconhecimento, enquanto que os 22 homens mais ricos doo mundo acumulam mais riqueza que todas as mulheres na África.

“É importante para nós que enfatizemos a engrenagem escondida da economia, pois o que vemos é a realidade do trabalho não pago executado pelas mulheres e isso tem que mudar”, disse Amitabh Behar, CEO da Oxfam Índia.

“As nossas economias falhas estão enchendo os bolsos de bilionários e grandes negócios à custa de homens e mulheres simples. Não é de se estranhar que as pessoas comecem a questionar se os bilionários deveriam sequer existir”, acrescentou, antes de participar do anual Forum da Economia Mundial em Davos, onde ele representará a Oxfam, na terça-feira (21). “As mulheres e meninas são as que se beneficiam menos do sistema econômico atual”.

Haverá pelo menos 119 bilionários que valem US$ 500 bilhões presentes em Davos em 2020, adiantou o website Bloomberg, com os contingentes maiores vindos dos EUA, Índia e Rússia.

“O topo da pirâmide econômica tem trilhões de dólares de riqueza nas mãos de um grupo muito pequeno de pessoas, predominantemente homens”, revelou o relatório da Oxfam. “A riqueza deles já extrema e a nossa economia falha concentra cada vez mais riqueza nestas poucas mãos”.

Behar acredita que a solução do problema está no fato de os governos se certifiquem que os ricos paguem impostos e que esse dinheiro seja usado em água potável, serviços de saúde e escolas melhores.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend