Velório de brasileiro morto em Nova York será em Newark (NJ)

Foto7 Jose Martins Velório de brasileiro morto em Nova York será em Newark (NJ)
José Martins, de 57 anos, imigrou aos EUA no início/meados da década de 80, sendo um dos pioneiros na comunidade no bairro do Ironbound, local onde será velado

Após a cerimônia fúnebre, o corpo de José Martins será trasladado ao Brasil para sepultamento em Governador Valadares (MG)

Será na sexta-feira (2), das 4:00 pm às 8:00 pm, na Rucki-Bernauer Funeral Home, no bairro do Ironbound, em Newark (NJ), o velório de José Martins, de 57 anos, falecido na terça-feira (30) em Queens (NY). Após a cerimônia fúnebre, o corpo será trasladado ao Brasil para sepultamento no cemitério municipal em Governador Valadares (MG).

A Rucki-Bernauer (www.buyusfuneralhome.com) Funeral Home fica localizada na 426 Lafayette Street, esquina com a Wilson Avenue, no bairro do Ironbound, em Newark (NJ).

Na tarde de terça-feira (30), uma parede pré-moldada caiu fatalmente sobre o chefe de obras numa construção na localidade de Averne, Queens (NY). A vítima, José Martins, de 57 anos, natural de Governador Valadares (MG), morador em Warren (NJ), foi encontrada inconsciente e levada ao St. John’s Episcopal Hospital, onde foi constatada a morte. O trágico acidente ocorreu às 2:15 da tarde, na 190 Beach 67th Street, em Queens (NY).

Policiais do 100th Precinct informaram que Martins trabalhava com uma equipe de operários no terceiro andar de um prédio, localizado na Beach 67 Street, quando a parede caiu.

“Ele tentou correr, mas não conseguiu”, informou o porta-voz do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD).

O brasileiro estava inconsciente quando a equipe de emergência e paramédicos chegou ao local do acidente. A autópsia determinará a causa da morte, acrescentou a polícia.

O falecimento súbito de José Martins chocou os parentes e amigos em New Jersey, onde ele era conhecido pela alegria e generosidade com que tratava as pessoas. Torcedor do Cruzeiro, recentemente, o brasileiro ganhou uma neta e, portanto, comentava que desejava passar mais tempo com a família. Ele imigrou aos EUA no início/meados da década de 80, sendo um dos brasileiros pioneiros na então acrescente comunidade no bairro do Ironbound, em Newark (NJ).

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend