Qual é o seu negócio?

COMO CONSTRUIR O SEU NEGÓCIO ONLINE 3 300x167 Qual é o seu negócio?Um plano de marketing começa sempre pela definição do produto ou serviço a ser alavancado a partir das estratégias a serem planejadas. No caso do marketing pessoal, essa definição precisa limitar-se a uma única frase, bem condensada, para dizer ao mundo qual é o seu negócio. É preciso dizer: qual é o seu serviço, a quem ele se destina e de que forma é prestado.

Essa frase, naturalmente, pode ser modificada com o tempo, mas ela precisa ser muito bem construída. Ela constitui a essência da sua carreira em potencial, ajuda-o a concentrar a atenção nessa essência e a determinar metas a partir dela, e pode causar grande impacto no mercado.

Um jovem esportista, em busca de patrocínio, diz a um empresário: — Sou especialista em jogar uma bolinha para a pessoa do outro lado da quadra e em recebê-la de volta.

Um outro, praticante da mesma modalidade de esporte, diz apenas: — Muito prazer! Minha especialidade é o tênis…

Quem é você?

A forma como você se apresenta no mercado não está relacionada apenas à sua aparência física. Antes de apresentar-se pessoalmente, você precisa estar preparado para que a sua boa aparência permaneça mesmo quando você não estiver presente.

Antes de lançar uma carreira no mercado, é preciso ter um kit personalizado, com cartão de visita, currículo, para quem está procurando colocação em uma empresa, ou folder, no caso de profissionais autônomos. Também é aconselhável ter um layout próprio de papel de carta, envelope e pasta.

Cartão de visita

O cartão de visita deve ser objetivo. Evite elementos que possam gerar confusão ou conflito visual, como imagens sobrepostas, tipos exóticos de letras, diagramação irregular ou outros recursos gráficos que nem sempre proporcionam o efeito pretendido por quem os criou.

O seu cartão de visita deve informar quem você é, o que faz e as formas como pode ser contatado. Qualquer outra informação é desnecessária. Naturalmente, pode haver criatividade em um cartão de visita, mas esta não deve comprometer a clareza nem a objetividade da informação.

Outros papéis

Não existem regras determinando que a apresentação gráfico-visual de um profissional precise ser padronizada, mas o bom senso diz que isso conta pontos a seu favor.

Os grandes profissionais do mercado estão acostumados com a padronização gráfico-visual de papéis: suas empresas, seus clientes e eles próprios têm papéis padronizados. Logo, se você quer ser visto como um igual, faça como eles.

O que foi dito a respeito de cartões de visita vale também para os demais papéis, cuja função é utilitária. Se você tiver logomarca ou slogan, utilize-os nos seus papéis; mas evite fazer neles qualquer tipo de propaganda.

Se você está muito no começo da sua carreira e está questionando a necessidade disso tudo que, imagine, então, que a impressão causada por um candidato a uma vaga que leva o currículo em papel sulfite, e por outro que o entrega em uma pasta personalizada, juntamente com o seu cartão de visita!

Não se esqueça de que você é o seu produto. É sua obrigação torná-lo atraente aos olhos do consumidor.

www.lairribeiro.com.br

e-mail: [email protected]

Tel. 0-55-11-3889.0038

Related posts

Comentários

Send this to a friend