Após parada no trânsito, polícia entrega brasileiro ao ICE em Newark (NJ)

%name Após parada no trânsito, polícia entrega brasileiro ao ICE em Newark (NJ)
Lucas Felipe, a esposa Beatriz Silva e os 2 filhos do casal (Foto: GoFundMe.com)

Lucas Felipe possui um processo de imigração pendente em um tribunal na Flórida, datado de 2016

Em 12 de agosto, Lucas Felipe, morador em Newark (NJ), foi parado por policiais em uma abordagem rotineira de trânsito, entretanto, acabou sendo entregue aos agentes do Departamento de Imigração e Alfândega (ICE). Ele vive nos EUA há 13 anos, é casado com Beatriz Silva e o casal tem 2 filhos menores de idade.

O motivo de os policiais terem entregado o brasileiro às autoridades migratórias é que havia um processo de imigração pendente em uma Corte na Flórida, datado de 2016. Devido a jurisdição ser diferente, Lucas Felipe não conseguiu contratar um advogado no estado de New Jersey.

Na Flórida, de acordo com as informações, um advogado teria cobrado a quantia de US$ 3,500 para avaliar a possibilidade de transferir o processo para o Estado Jardim. Como Lucas Felipe não tem condições financeiras de arcar com essas despesas, amigos se reuniram para levantar a quantia.

. Campanha beneficente:

Em 14 de agosto, a internauta Ackila Souza Mega Hair iniciou no website GoFundMe,com a campanha beneficente: encurtador.com.br/eKNW2; cujo objetivo de arrecadar US$ 15 mil, que será usado para as despesas do advogado, a possível fiança e ajudar a família, pois Lucas Felipe era o principal provedor da família dele. Até a tarde de quinta-feira (12), haviam sido arrecadados US$ 2,020.

Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas com Beatriz Silva, esposa de Lucas Felipe, através do tel.: (973) 454-8455.

“Venho por meio desta  pedir ajuda para Lucas Felipe que mora em Newark, New Jersey, há cerca de 13 anos e vive com a esposa e 2 (filhos) pequenos. No dia 12, ele estava em seu carro quando foi parado pela polícia e levado para emigração. Lucas tinha um processo migratório na Flórida desde de 2016 que não foi concluído e por esse motivo não conseguiu entrar com outro advogado aqui. Neste momento, o advogado na Flórida nos cobrou US$ 3,500 para apenas abrir o caso dele e nos dizer se e possível passar o caso para outro advogado daqui. Infelizmente, isso é somente o começo de um grande processo. Então, venho pedir ajuda a todas (as pessoas) que puderem colaborar com qualquer quantia para ajudar esse homem que está aqui e agora precisando. Vou deixar aqui o telefone da esposa dele e quem quiser falar diretamente com ela: (973) 454-8455, Beatriz silva.
Vamos ajudar gente, (pois) hoje é ele, mas amanhã pode ser você. Que Deus Abençoe  todos e Obrigado”, postou Ackila Souza no GoFundMe.com.

Ainda no GoFundMe.com, alguns internautas postaram mensagens de carinho e encorajamento:

“Gente, continuem a doação, pois ainda não chegamos ao objetivo. Precisamos da sua ajuda pra chegar ao alvo para que o Lucas esteja o mais rápido com sua família, pois seus filhos precisam dele”, postou Rda Avivamento.

“Obrigadaaaaa demais a cada um de vocês que está colaborando! Qualquer quantia é importante! A atitude de doar já tem um valor enorme!” Postou Melina Trindade.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend