Brasileiros são presos em batidas do ICE em New Jersey

Foto24 Prisao ICE  Brasileiros são presos em batidas do ICE em New Jersey
Entre os detidos estão cidadãos naturais do Brasil, China, Colômbia, Cuba, República Dominicana, Equador, El Salvador, entre outros países (Foto: ICE)

A operação de 5 dias resultou na detenção de 60 pessoas e ocorreu em vários condados 

Agentes do Departamento de Imigração (ICE) e do Departamento de Operações de Remoções & Cumprimento das Leis (ERO) prenderam 60 pessoas durante uma operação de 5 dias realizada em New Jersey e com término na sexta-feira (20). A série de batidas teve como alvos estrangeiros indocumentados que foram condenados por atividades criminosas graves, como abuso sexual, abuso infantil, violência doméstica e dirigir intoxicado (DUI). Entre os detidos, 80% possuem antecedentes criminais, mais 20 possuíam ordem de deportação ou já haviam sido deportados, mas retornaram aos EUA clandestinamente. Vários deles foram condenados por crimes graves, entre eles, agressão com agravantes, abuso infantil e pedofilia e o acúmulo de vários delitos, segundo o próprio ICE. A Patrulha da Fronteira (CBP) e o Serviço US Marshals ajudaram o ICE na operação.

“O sucesso dessa operação é resultado direto do comprometimento integral de homens e mulheres dedicados do ICE”, comentou John Tsoukaris, diretor do ERO em Newark. “Nós continuaremos a devotar a nossa agência na proteção da população e cumprimento das leis migratórias, apesar dos obstáculos postos por indivíduos motivados politicamente”.

Entre os detidos estão cidadãos naturais do Brasil, China, Colômbia, Cuba, República Dominicana, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Itália, Jamaica, México, Peru e Ucrânia. Os agentes do ERO realizaram as batidas em diversas áreas de New Jersey, incluindo os condados de Bergen, Burlington, Camden, Cumberland, Essex, Hudson, Mercer, Middlesex, Monmouth, Morris, Ocean, Passaic, Somerset e Union.

O ICE informou que focaliza seus recursos em indivíduos que representam ameaça à segurança pública, nacional e nas fronteiras. Entretanto, as autoridades migratórias não isentam a prisão de qualquer imigrante indocumentado encontrado por seus agentes. Assim que assumiu o cargo, o Presidente Donald Trump assinou um decreto de lei criminalizando todos os imigrantes indocumentados que vivem nos EUA.

Alguns dos detidos nas batidas em New Jersey podem ser processados federalmente por reentrarem clandestinamente nos EUA depois de terem sido deportados. Já os outros serão autuados e colocados em processo de deportação. Aqueles que possuem ordens de deportação ou que reentraram no país podem ser deportados automaticamente do país. O restante dos detidos permanecerá na custódia do ICE enquanto aguardam audiências com juízes de imigração.

Conforme o ICE, apesar dos obstáculos politicamente motivados que certas jurisdições criaram, o órgão permanece comprometido com a missão de manter a segurança pública e, portanto, continuará buscando criminosos estrangeiros criminosos e aqueles que violarem as leis migratórias. O ICE busca cooperação com as autoridades de segurança e legisladores locais quando buscam o cumprimento das leis de imigração.

Os agentes do ICE realizam batidas migratórias diariamente e em todas as partes do país como parte da missão em proteger a nação, manter a segurança pública e a integridade das leis migratórias e o controle das fronteiras. As batidas envolvem membros da “Fugitive Operations Teams”.

Related posts

Comentários

Send this to a friend